31 de julho de 2009

Vice-governador reafirma compromissos do Estado


Embora ainda seja necessário manter cautela frente às dificuldades econômicas, os principais compromissos do Governo de Minas serão mantidos em 2010, conforme esclareceu, na manhã desta quinta-feira (30), o vice-governador Antonio Augusto Anastasia, em reunião com a diretoria da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio). “Nosso primeiro compromisso é não atrasar o pagamento dos servidores e pagar a gratificação natalina até o dia 10 de dezembro de cada ano”, garantiu, lembrando o efeito positivo que essas medidas têm sobre o comércio.

Anastasia também ressaltou que o Governo “continuará investindo naquilo que é uma responsabilidade fundamental do poder público, a infra-estrutura”. Conforme explicou aos empresários, a infra-estrutura a qual se referia vai além das obras rodoviárias, pois inclui saneamento básico, construção de postos de saúde, reformas e ampliações de escolas, construção de postos policiais e instalações de assistência social, ou seja, a infra-estrutura social.

“Vamos manter esse esforço, o nível desse processo de investimentos”, afirmou o vice-governador. De acordo com ele, as chamadas medidas anticíclicas, de combate à crise econômica, entre outras, também foram adotadas as de investimentos em obras de infra-estrutura. Porém, destacou, “mais importante do que fazer as obras é pagá-las”, o que vem sendo feito rigorosamente em dia, porque, apesar de ter sido afetado pela crise, que é mundial, o Governo de Minas Gerais foi pego, “felizmente, com a despensa cheia”, permitindo menos sobressaltos neste 2009.


Leia mais na integra: Agência Minas

Aécio Neves recebe direção da Polícia Federal


O governador Aécio Neves recebeu, nesta quinta-feira (30), no Palácio da Liberdade, o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, acompanhado de outros membros da direção da instituição. Durante o encontro, Corrêa agradeceu o apoio recebido do Governo de Minas nas operações que a Polícia Federal realiza em parceria com as forças de segurança do Estado.

“Minas tem uma tradição de cooperação federativa muito forte entre a União, o Estado e também o município. A Polícia Federal está comprometida com esse processo de integração e existe uma boa relação da Secretaria de Defesa Social, Polícia Militar e a Civil com a nossa superintendência. Nós viemos aqui agradecer o apoio que recebemos do governo do Estado”, disse Luiz Fernando Corrêa, em entrevista.



Matéria publicada: Agência Minas

28 de julho de 2009

Obras da Avenida Antonio Carlos avançam mais uma etapa


As fundações dos dois viadutos a serem construídos na rua Araribá, dentro das obras de duplicação da avenida Antônio Carlos, em Belo Horizonte, foram concluídas na última sexta-feira (24), com a finalização das paredes de diafragma, que têm a função de sustentar as edificações. De acordo com o cronograma do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), vinculado à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais (Setop), as obras devem durar até dezembro, quando os viadutos estariam prontos.

Com a conclusão das fundações, a próxima etapa passa ser a colocação das escoras (cimbramentos), quando terá início a cobertura de concreto da pista, por onde irão trafegar os veículos.

As intervenções na rua Araribá fazem parte da segunda etapa de duplicação de 2,2 quilômetros da avenida Antônio Carlos, no trecho entre a rua Rio Novo (Lagoinha) até a rua Operários. As obras são executadas pelo Governo de Minas em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte e tem investimentos de R$ 250 milhões.

Para o diretor-geral do DER-MG, José Elcio Santos Monteze, a ampliação do sistema viário da Antônio Carlos causa transtornos temporários. “Apesar das interdições das vias, a obra vai beneficiar o tráfego na região, que hoje chega a 85 mil veículos por dia”, informou.

Novos Viadutos

Atualmente, a avenida Antônio Carlos possui, no trecho em obras, apenas uma pista por sentido com três faixas de rolamento cada uma. Com a ampliação, passará a ter quatro faixas por pista, além de uma terceira pista, com duas faixas exclusivas para o fluxo de ônibus.

Estão em construção sete novos viadutos para facilitar o acesso aos bairros adjacentes. Esses viadutos terão, no mínimo, duas faixas por sentido, contribuindo para evitar congestionamentos.

Balanço das obras

Na altura da rua Rio Novo, no bairro Lagoinha, o viaduto em construção está em fase de fundação com a colocação das estacas de raízes para posteriormente erguer os pilares. Já foram cravadas oito das 28 estacas previstas. Nesse local, o viaduto vai complementar o Complexo da Lagoinha, atendendo as interligações do viaduto Leste e da rua Célio de Castro com a avenida Pedro II, além das ruas Bonfim, Itapecerica e Além Paraíba. Estas ligações ficam disponíveis também para o viaduto Oeste e para a avenida Cristiano Machado.

Na rua Formiga, próximo ao conjunto IAPI, os viadutos e soluções viárias em desnível irão promover a interligação da região do bairro São Cristóvão como a dos bairros Lagoinha e Bom Jesus. Neste local, a construção dos viadutos está na fase de fundação, onde serão instaladas 108 estacas para dar sustentação aos pilares. Trata-se do trecho mais complexo da obra, devido o tamanho da infra-estrutura a ser erguida, conforme adiantou o diretor geral do DER. Estão concluídos, ainda, 120 metros de trecho da Bus Way e 40% da rede pluvial.

No trecho da rua Operários já estão concluídas as fundações e pilares dos viadutos e as pistas da Bus Way. Após a construção da pista de tráfego serão iniciadas as alças de acesso dos viadutos. Estão em andamento os trabalhos de colocação das escoras (cimbramento) que dão sustentação a construção da pista de tráfego dos viadutos, cujas obras serão concluídas em outubro.

Importância da via

A avenida Antônio Carlos é a principal artéria de trânsito da região da Pampulha, em Belo Horizonte, bem como de importância geral para a cidade. Nela está localizado o Campus da Universidade Federal de Minas Gerais, principal universidade do estado de Minas Gerais.

Aberta no governo de Juscelino Kubitschek para dar acesso à região turística da Pampulha, a avenida Presidente Antônio Carlos começa na região Central de Belo Horizonte, no tradicional bairro da Lagoinha e se estende por cerca de oito mil metros na direção norte até a Barragem da Pampulha. Ela atravessa bairros populosos como Cachoeirinha, Aparecida, Bom Jesus e São Francisco.

A conclusão desse projeto é considerada de importância estratégica para a cidade, uma vez que a Antônio Carlos é um acesso direto ao Estádio do Mineirão, principal arena esportiva de Belo Horizonte, que receberá jogos da Copa do Mundo de 2014.


Fonte: Minas em pauta

Gripe suína: Governo Aécio Neves mantém portal eletrônico com informações sobre a doença – informações atualizadas também podem ser obtidas pelo Twitt


No ar desde o final de abril, o hotsite da Influenza A (http://gripesuina.saude.mg.gov.br/), criado pelo Governo Aécio Neves por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), é um canal de comunicação a mais para informar o cidadão. Proporciona à equipe de comunicação da SES/MG agilidade na publicação das notícias atualizadas sobre a doença, aliadas à informações úteis, como a prevenção e os sintomas, além de manter o cidadão informado sobre esse tema.

No hotsite ainda é possível encontrar informações que são relevantes para os profissionais de saúde, como o Protocolo Estadual de Vigilância Epidemiológica e Assistência aos casos de Influenza e o Plano Estadual de Enfrentamento da Ameaça da Influenza A (H1n1).

Outro instrumento de comunicação que a SES vem utilizando é a newsletter – jornal eletrônico -, com informações específicas para cada público de como proceder em casos de suspeita da doença, bem como maneiras de prevenção. Na final da Copa Libertadores da América, a SES enviou uma newsletter para a rede hoteleira de Belo Horizonte, já que a cidade estava recebendo jogadores, comissão técnica e torcedores do time Estudiantes, da Argentina. A newsletter trazia informações de como funcionários deviam proceder em caso de algum hóspede com suspeita de Influenza e sobre como identificar esses suspeitos.

A SES também conta com um perfil no Twitter (@saudemg), no qual os usuários da rede de microblog podem acompanhar em tempo real tudo que acontece na Saúde em Minas Gerais; o que inclui as atualizações da Influenza em Minas, como divulgação do número de casos, notícias e a situação da doença no Estado.

Rich Media

Outra ferramenta que passará a ser utilizada pela SES, tendo em vista a presença do vírus H1N1 em Minas Gerais é um banner de internet, tipo Rich Media, formato que demanda uma proposta personalizada por parte de cada portal, pois foi desenvolvido especialmente para a campanha e não se encaixa nos formatos expressos nas tabelas dos sites. O objetivo é levar os usuários ao hotsite http://gripesuina.saude.mg.gov.br/ onde poderão tirar todas as dúvidas sobre a doença.

O banner será publicado dois maiores portais (horizontais) de Minas Gerais, que oferecem cobertura de 42,6% do público mineiro (dados: google adplanner – julho/08 a junho/09). A peça permanecerá na rede de 1º a 15 de agosto.

A vantagem de se utilizar o rich media é o aumento significativo da taxa de click through rate (CTR), que nada mais é que o número de cliques que a peça recebeu, dividido pelo número de impressões. Assim, mais usuários clicarão na peça e serão levados ao hotsite da campanha.

O banner aparece dentro das suas dimensões comuns. Um homem movimenta a cabeça e espirra. Gotículas se espalham rapidamente pela tela e entra a mensagem. Caso o usuário passe o mouse pelo banner ele se expande para toda a tela.

O Rich Media é o formato de internet que mais chama a atenção do usuário, pois o surpreende. É impossível passar despercebido a ele. Esse formato sai dos moldes comuns, invade a área do usuário e tem grande apelo visual.

Fonte: Minas em pauta

Instituto Mineiro de Agropecuária se prepara para aderir ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal


O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) está se preparando para aderir, ainda no segundo semestre, ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi). Ao integrar o Sisbi, o Sistema de Inspeção do IMA se tornará equivalente ao Sistema de Inspeção Federal (SIF), o que possibilitará a comercialização dos produtos mineiros inspecionados pelo órgão em todo o território nacional.

Atualmente, essa atividade está restrita aos limites do Estado. A adesão vai favorecer, especialmente, estabelecimentos localizados nos limites de fronteira, mas de forma geral vai promover o desenvolvimento das indústrias aprovadas no sistema, uma vez que poderão expandir seu âmbito de comercialização. Outra vantagem será a harmonização e padronização dos procedimentos de fiscalização dos produtos de origem animal em todo o país.

A Lei Federal N° 7889, de 1989, permite que os estabelecimentos registrados no Serviço de Inspeção Federal comercializem seus produtos em todo o país e internacionalmente. Os estabelecimentos registrados nos serviços de inspeção estaduais podem comercializar seus produtos entre municípios de um mesmo estado e os estabelecimentos registrados nos serviços de inspeção municipais podem comercializar seus produtos apenas dentro do município.

Minas Gerais, por meio do IMA, foi o primeiro estado a requerer inclusão no sistema, que é voluntário. Desde abril de 2007 o instituto tem realizado melhorias nos seus procedimentos para se preparar para a adesão. Em dezembro de 2008, houve uma auditoria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), na qual foram solicitadas algumas adequações, que já foram feitas.

O próximo passo é a participação de 12 servidores do IMA no “Treinamento dos Serviços de Inspeção Estaduais sobre Sisbi”, que ocorrerá de 3 a 7 de agosto, em Curitiba (PR). Promovido pelo Mapa, o evento vai contar com a participação de mais três estados: Bahia, Rio Grande do Sul e Paraná.

O diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, afirma que esta capacitação será uma preparação para a integração definitiva. “O curso é o momento de realizar o último alinhamento para que a adesão seja efetivada”, explica.

Produtos de Origem Animal

Primeiramente, será feita a adesão apenas do segmento “carne” para depois abrir para as demais categorias (leite, mel, ovos e pescado). Seis frigoríficos mineiros já estão prontos para integrar o Sisbi. Os demais estabelecimentos que manifestarem interesse e que apresentarem condições físicas, higiênico-sanitárias e tecnológicas satisfatórias, após avaliação do IMA, também poderão participar do sistema, em um segundo momento.

Produtos oriundos de estabelecimentos que fazem parte do Sisbi conterão um selo no rótulo criado pelo Mapa. Atualmente há 46 frigoríficos registrados no IMA e em inspeção permanente. Cada um deles possui um fiscal agropecuário (médico veterinário) e dois fiscais assistentes agropecuários do instituto em tempo integral.


Fonte: Minas em pauta

MPE lança nova etapa da Campanha de Otimização de Gastos


Foi lançado no mês de julho, na Procuradoria-Geral de Justiça – sede do Ministério Público Estadual (MPE) – mais uma etapa da Campanha de Otimização de Gastos, cuja meta é ensinar a reduzir custos de serviços postais, telefonia e materiais.

Para o procurador-geral de Justiça, Alceu José Torres Marques, a crise econômica mundial e as consequencias dela para o Ministério Público obrigam membros e servidores a adotarem uma nova postura em relação aos gastos com serviços postais, telefonia, materiais entre outros. Alceu Torres Marques destacou o trabalho realizado pelo promotor de Justiça Jairo Cruz – que juntamente com a Assessoria de Comunicação Social estão trabalhando na divulgação da campanha – e as ações desenvolvidas pela secretaria geral da PGJ.

Aos presentes ao lançamento da nova etapa da campanha, o procurador-geral de Justiça ressaltou “que cada membro e servidor deverá se comportar como um multiplicador desse movimento que objetiva a otimização de gastos, o que significa maior disponibilidade de orçamento e, consequentemente, melhoria das instalações e dos serviços, sem prejuízo da qualidade.”

Participaram do lançamento da campanha o procurador-geral de Justiça, Alceu José Torres Marques, ouvidor do MPE, procurador de Justiça Mauro Flávio Ferreira Brandão, procurador-geral de Justiça adjunto jurídico, Geraldo Flávio Vasques, subcorregedor-geral do MPE, procurador de Justiça Mário Drummond da Rocha, secretário-geral da PGJ, promotor de Justiça Jairo Cruz Moreira, diretor-geral da PGJ, Fernando Antônio Faria Abreu e servidores do MPE.

Início da campanha

A campanha foi idealizada em 2005 pela administração do então procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior. Para a implementação do programa, instituído através da Portaria PGJ n.º 697/2005, foram criados cinco grupos de trabalho que analisaram dados, elaboraram relatórios sobre o assunto e planejaram as propostas das medidas a serem tomadas. Os grupos trabalharam de forma segmentada, cada um voltado para um tema específico: diárias, telefonia, material de consumo, postais, vales-refeição.


Matéria publicada: Agência Minas

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais abre inscrição para curso de gestão hospitalar


O Governo Aécio Neves por meio da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) e a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG)recebem, de 27 de julho a 7 de agosto, as inscrições online para o Curso de Especialização em Gestão Hospitalar–ProHosp. As inscrições devem ser feita no endereço ‘http://inscricaoprohosp.esp.mg.gov.br .

No ato da inscrição, o candidato deve anexar curriculum vitae e memorial com a narrativa das experiências de trabalho com base na trajetória acadêmico-profissional indicando as motivações e razões para buscar a especialização. Esse documento deve conter, no máximo, uma página com fonte Arial, corpo 12, espaço simples, sem espaço linhas entre os parágrafos e todas as margens com 2 centímetros.

O objetivo do curso é capacitar os profissionais através do Programa de Desenvolvimento de Recursos Humanos em Gestão da Qualidade em Saúde, ênfase em Qualidade Hospitalar – Pro-Hosp e de acordo com o planejamento da SES/Pro-Hosp, bem como buscar o cumprimento das metas estabelecidas rumo ao desenvolvimento e consolidação de uma política de gestão da qualidade no Estado de MG. O curso se destina a profissionais que representam as instituições hospitalares inseridas no Pro-Hosp e técnicos da SES-MG envolvidos no monitoramento do Pro-Hosp.

O programa

O Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais do SUS/MG (Pro-Hosp) foi implantado em maio de 2003 e se transformou em uma das mais importantes ações programáticas do Governo do Estado no âmbito da assistência hospitalar. Esse programa tem como propósito consolidar a oferta da atenção hospitalar nos pólos macro e microrregionais de Minas Gerais. Em 2008, a SES firmou compromisso com o Estado para apresentar Resultados e realizar diagnósticos pela metodologia da Acreditação – ONA em 10 hospitais Pro-Hosp e com o Banco Mundial em 30 hospitais em 2009 e 30 em 2010.

A Acreditação é um método de avaliação dos recursos institucionais, exclusivo para a saúde, desenvolvido pelo Ministério da Saúde e incorporado pela Anvisa com intuito de promover a melhoria da qualidade da assistência prestada aos usuários. Como estratégica da SES, ficou estabelecida a implantação de uma política de gestão da qualidade em saúde, tendo como uma das ações a implementação de um Programa de Desenvolvimento de Recursos Humanos em Gestão da Qualidade em Saúde.


Fonte: Minas em pauta

Governo Aécio Neves promove congresso sobre biocombustível


O 6º Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, entre os dias 24 e 28 de agosto próximo, em Montes Claros, será promovido pelo Governo Aécio Neves, por meio do Arranjo Produtivo Local (APL) de Biocombustíveis da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes). O evento, tradicionalmente organizado pela Universidade Federal de Lavras (Ufla), é uma referência nacional na pesquisa destas áreas e terá a presença de profissionais da Rede Brasileira de Biocombustíveis, durante as mesas redondas e clínicas tecnológicas.

Haverá palestras técnicas, feiras de negócio com produtos, processos e insumos para cadeia produtiva do biodiesel. O congresso prevê visitas à Usina de Biodiesel da Petrobras e unidades de extração. Também serão ministradas eco-oficinas, ou seja, oficinas e teatros de educação ambiental para alunos do ensino fundamental, ressaltando a importância da reciclagem e da boa utilização do óleo. Especialistas em biodiesel e óleos vegetais dos países do Mercosul vão trocar experiências e apresentar alguns avanços tecnológicos.

No dia 27 de agosto, ao lado da feira de negócios, será montado um anfiteatro com entrada franca para os agricultores, onde ocorrerão 10 simpósios com questões práticas de plantio das culturas oleaginosas, do uso do biocombustível, unidades de extração de óleos, entre outros. Cada agricultor poderá escolher uma palestra para assistir. Haverá, também, mesas redondas explicando o cenário de produção de oleaginosas com foco na assistência técnica, crédito e zoneamento rural.

Mais informações: http://oleo.ufla.br ou (35) 3829-1364
Fonte: Minas em pauta

Anastasia preside nova reunião do Núcleo Gestor das Copas


- Nesta terça-feira (28), às 16h, o vice-governador Antonio Augusto Anastasia preside nova reunião do Núcleo Gestor das Copas, que reúne dirigentes das Secretarias de Estado de Esportes e Juventude, Planejamento e Gestão, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Transportes e Obras Públicas, além do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e do Programa Estado para Resultados.

Os integrantes do Núcleo de Gestão das Copas são responsáveis pelo planejamento e execução das ações que irão efetivar as condições necessárias para que Belo Horizonte sedie os jogos da Copa das Confederações 2013 e da Copa do Mundo 2014.

Serviço:

Evento: Reunião do Núcleo de Gestão das Copas

Local: BDMG – Rua da Bahia, 1.600, 9º andar, bairro Lourdes

Data: 28.07.09

Hora: 16h


Matéria publicada: Agência Minas

Aécio Neves na Canção Nova


O governador Aécio Neves acabou de participar do programa Papo Aberto na rede Canção Nova, o programa é apresentado por Gabriel Chalita e foi transmitido ao vivo de Belo Horizonte MG.

Durante quase uma hora e meia em que Aécio esteve por lá, respondeu várias perguntas, além de bater um bom papo e cantar junto com a dupla Fred e Paulinho.

Aécio falou sobre o que vem avançando em Minas Gerais e quais seus planos para o futuro político, fez questão de resaltar que a presidência da república não pode ser encarada por ninguém como opção política mas sim como destino. Disse que continua na vida pública após sair do Governo de Minas e que se sente na obrigação de continuar defendendo Minas.

Muito elogiado pelos participantes do programa via Twiter, o governador brincou que precisa participar mais do Papo Aberto e agradeceu a todos, ficou muito contente com uma mensagem vinda do Mato Grosso, onde uma mãe colocou o nome do filho, de Aécio em homenagem ao governador.


27 de julho de 2009

Reforço de segurança: cidades do interior ganham novo peritos formados pela academia de Polícia Civil


Dois dias após a solenidade de formatura, realizada nessa quarta-feira (22), em Belo Horizonte, os 98 novos peritos criminais da Polícia Civil tomaram posse de seus cargos. Em cerimônia coletiva, eles assinaram o termo de posse, recebendo, na sequência, a designação de lotação.

A nomeação imediata, anunciada pelo secretário de Estado de Defesa Social, Maurício Campos Júnior de Oliveira, em seu discurso durante a cerimônia, surpreendeu os novos servidores. Aprovados no último concurso público, ocorrido em outubro do ano passado, os peritos criminais passaram cinco meses na Academia de Polícia Civil (Acadepol), onde receberam capacitação e treinamento para exercer a função.

Cumprindo o edital, que pela primeira vez, de forma regionalizada, definiu o número de servidores para cada localidade, os novos policiais estarão em breve em municípios do interior. A distribuição, de acordo com o superintendente geral da Polícia Civil, delegado Gustavo Botelho Neto, obedece critérios técnicos, como por exemplo, a incidência de crimes violentos e número de habitantes dos municípios. O objetivo é dotar de recursos humanos as cidades-pólos e comarcas, permitindo à polícia investigativa-judiciária cumprir seu papel com mais eficiência .

Com a incorporação destes servidores, a Polícia Civil passou a contar com 9,9 mil policiais, distribuídos em 565 delegacias e demais órgãos, como o Instituto de Criminalística, Instituto de Medicina Legal e Postos de Polícia Integradas (PPIs), onde atuam diretamente esses profissionais.

No próximo mês de agosto, 236 escrivães deverão concluir o curso de formação. Outros 164 delegados deverão se formar em outubro e 526 agentes de polícia, em dezembro. Também 1.000 agentes, aprovados na fase objetiva, estão passando por exames biomédicos e biofísicos e deverão participar do treinamento em 2010. A meta é suprir, até o final do próximo ano, o quadro de 12,5 mil cargos existentes.

“A nomeação imediata desses servidores pelo Aécio Neves demonstra a importância que essa administração tem dispensado à segurança pública, especialmente a Polícia Civil,” comemorou o chefe da Polícia Civil, delegado Marco Antônio Monteiro de Castro. Nos últimos anos, a instituição vem sofrendo redução acentuada de pessoal, em função, principalmente da conquista da Aposentadoria Especial. Na avaliação de Monteiro de Castro, a ampliação e atualização do quadro cumpre uma das diretrizes institucionais de desenvolver ações voltadas ao aperfeiçoamento da política de segurança pública.

Mesmo com as dificuldades de pessoal, a Polícia Civil vem conseguindo atender a população e cumprir as metas do Acordo de Resultados, com conclusão e relatoria, em 2007, de 63 mil Inquéritos Policiais (IP) e 60 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), 93 mil IPs e 90 mil TCOs no ano passado e a estimativa de superar, este ano, a conclusão de 150 mil Inquéritos Policiais e o mesmo número de TCOs.


Fonte: Minas em pauta

Unimonte em Bocaiúva passará a oferece graduação em Química com licenciatura plena


A partir desta segunda-feira (27), em aula inaugural proferida pelo reitor Paulo César Gonçalves de Almeida, a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) passará a oferecer, em Bocaiúva, o curso de graduação em Química (licenciatura plena). As 35 vagas foram preenchidas através do Processo Seletivo 1/2009, realizado em dezembro último. As atividades estão sendo iniciadas neste segundo semestre, já que foi preciso aguardar a autorização de funcionamento, concedida pelo Conselho Estadual de Educação (CEE). O evento terá início às 10h, no campus, com a participação de professores, acadêmicos, servidores técnico-administrativos, autoridades e convidados.

Ainda no campus daquele município, a Universidade vai oferecer, também, o curso de graduação em Física, com 35 vagas, que deverá ser incluído no processo seletivo previsto para dezembro deste ano. O processo de autorização também já está em tramitação junto ao CEE.

Investimentos

A unidade de Bocaiúva é o 11º campus da Unimontes em funcionamento. A sua implantação envolveu investimentos da ordem de R$ 2,5 milhões, sendo R$ 1 milhão oriundos do município – obras físicas – e restante para equipamentos e laboratórios, obtidos através de Emenda da Bancada Mineira consignada no Orçamento da União, além da participação do Governo Aécio Neves .

O campus está instalado em terreno de 20 mil m², no Bairro Alterosa. O primeiro prédio possui 945 m² de área construída, contando com salas de aula, sede administrativa e cinco laboratórios: Química Geral e Inorgânica, Química Analítica, Físico-Química, Informática e Química Orgânica. O projeto completo prevê a construção de outros três blocos, com três pavimentos cada.
Fonte: Minas em Pauta

Famílias de presos mortos em presídios mineiros começam a ser indenizados


O Governo Aécio Neves vai indenizar famílias e dependentes das vítimas fatais dos incêndios ocorridos nas cadeias públicas de Ponte Nova e Rio Piracicaba por danos morais, no valor de R$ 20 mil, e pensão indenizatória por danos materiais, no valor de um salário mínimo. Serão indenizadas 25 famílias de Ponte Nova e oito de Rio Piracicaba. O decreto que determina o pagamento foi publicado nesta sexta-feira (24), no Diário Oficial do Estado.

O incêndio em Ponte Nova ocorreu em 23 de agosto de 2007 e resultou na morte de 25 presidiários. Já na cadeia de Rio Piracicaba, oito pessoas morreram em 1º de janeiro de 2008. As famílias das vítimas devem procurar a Subsecretaria de Direitos Humanos (rua Martim de Carvalho, 94, Santo Agostinho/ 4º andar) ou as defensorias públicas dos dois municípios, num prazo de 60 dias contados a partir da data da publicação do decreto. Informações podem ser obtidas por meio do número: 0800 031 11 19.

Serão beneficiadas da compensação e da pensão indenizatória as seguintes classes familiares, na condição de dependentes da vítima: classe I: o cônjuge ou a companheira, enquanto for viúva ou não constituir união estável, e o filho menor de dezoito anos não emancipado ou absolutamente incapaz; classe II: os pais; classe III: o irmão menor de dezoito anos não emancipado ou absolutamente incapaz.

Os pedidos serão recebidos e avaliados por uma comissão especial, composta por três membros (nomeados por resolução do secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Agostinho Patrús Filho) e por um membro da Defensoria Pública Estadual, nomeado pelo defensor público geral.

Depois de receber os requerimentos de indenização, a comissão terá prazo de 30 dias, prorrogáveis por igual período, para examinar os pedidos e decidir sobre a sua procedência. Uma vez reconhecidos, a Comissão Especial vai divulgar a lista com os nomes no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais e em jornais de ampla circulação no Estado, abrindo prazo de 30 dias para a contestação por terceiros.


Fonte: Minas em pauta

Anastasia empossa diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos em Ipatinga


O vice-governador Antonio Augusto Anastasia estará em Ipatinga nesta segunda-feira (27) para a posse solene da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga (Sindipa), gestão 2009/2013, às 19h30, na sede do Ipaminas Esporte Clube.

O Sindipa foi fundado em 1º de Maio de 1965. O vice-governador participará da cerimônia ao lado do atual presidente do Sindicato, Luiz Carlos de Miranda.

Serviço:

Evento: Vice-governador empossa diretoria do Sindipa

Data: 27/07/09

Hora: 19h30

Local: Ipaminas Esporte Clube


Matéria publicada: Agência Minas

Show dos vencedores da 9ª edição do Prêmio BDMG-Instrumental terá o contrabaixista Vagner Faria, no Teatro da Biblioteca


O próximo show dos vencedores da 9ª edição do Prêmio BDMG-Instrumental será do contrabaixista Vagner Faria, no Teatro da Biblioteca – praça da Liberdade, 21, nesta quarta-feira (29), às 20h. Ingressos: R$ 2, com renda revertida para o projeto social “Raio de Luz”.

Vagner Faria (contrabaixo) será acompanhado pelos músicos Aulus Mourão (piano); Bernardo Rodrigues (piano, participação especial); Edvaldo Ilzo (bateria) e Renato Saldanha (guitarra e violão).

Além do show em Belo Horizonte, o músico também se apresentará em São Paulo, no projeto “Instrumental Sesc Brasil”, resultado de parceria firmada entre o BDMG Cultural e o Sesc São Paulo. E no final do ano, juntamente com os vencedores de 2009, irá a Ipatinga participar de um show no Teatro do Centro Cultural Usiminas.

Sobre sua apresentação na 9ª edição do BDMG-Instrumental, o crítico e jornalista José Domingos Raffaelli escreveu: “O baixista Vagner Faria não fez por menos, à frente de um excelente quarteto completado por Aulus Mourão (piano), Renato Saldanha (violão) e o extraordinário baterista Edvaldo Ilzo… O conjunto mostrou sua perfeita integração musical em performances interpretando as composições “Além do Olhar”, cujo desempenho incorporou um correto e preciso jogo de dinâmica, oferecendo uma série de acentuações e inflexões sugestivas, e “Quase sem ar”, peça ritmicamente fascinante em constante ebulição realçando a unidade do quarteto, a interação eloqüente e o entendimento entre baixo e violão, com um solo modelar do pianista Aulus Mourão e atuação soberba de Edvaldo Ilzo; seu engenhoso e surpreendente final foi agraciado pela citação de “Jesus, Alegria dos Homens”, de Bach. O arranjo magistral de Vagner Faria para o medley de Milton Nascimento embolando “Viola Violar” e “Cravo e Canela” iniciou com uma surpreendente e engenhosa abertura de free jazz, ou jazz de vanguarda, exposta em uníssono irrepreensível de piano-violão, coroando a ótima apresentação do quarteto.”

Programa do show

Prelúdio-Suíte n°.1 in G maior para violoncelo, BWV 1007(J.S Bach) // Três Mundos (Vagner Faria) // A Ilha (Edvaldo Ilzo) // Além do Olhar (Vagner Faria) // Quase sem Ar (Vagner Faria) // Tempo Bom (Vagner Faria) // O Início e o Meio (Vagner Faria) // Amor e Testemunho (Renato Saldanha) // Caixinha de Música (Vagner Faria) // Além do Olhar 2 (Vagner Faria) // Sivucada (Aulus Mourão) // Viola Violar (Milton Nascimento/ Márcio Borges // Cravo e Canela (Milton Nascimento / Ronaldo Bastos)

Turnê

29 de julho (quarta-feira) – 20h – Teatro da BibliotecaPraça da Liberdade, 21 – Lourdes – Belo Horizonte – MG

4 de agosto (terça-feira) – 19h – “Instrumental Sesc Brasil” – Sesc Avenida Paulista – Avenida Paulista, 119 – Paraíso – São Paulo – SP

19 de novembro (quinta-feira) – 19h30m – Centro Cultural UsiminasAvenida Pedro Linhares Gomes, 3900 – Shopping Vale do Aço – Ipatinga – MG

Vagner Faria

Natural de Divinópolis (MG), começou sua carreira aos 15 tocando em bandas de baile. Posteriormente, estudou harmonia e música modal com o húngaro Ian Guest. Desde 1998, acompanha diversos artistas como Gê Lara, Saulo Laranjeira, Túlio Mourão, Anthonio e Jairo de Lara.

Integrante do Grupo Jazz a Zero em parceria com Bernardo Rodrigues, Edvaldo Ilzo e Renato Saldanha, interpretando repertório autoral, clássicos do jazz e da música brasileira. É professor na Escola de Música CCM, em Divinópolis. Participou do TIM Concert (2005), do Festival internacional ”Tudo é Jazz” em Ouro Preto (2007) e do Savassi Festival – BH (2006/2007). Em 2009, foi um dos quatro vencedores do IX Prêmio BDMG-Instumental.

Apoio Cultural / Parcerias: Rádio Inconfidência, Rede Minas, Instituto Cultural Usiminas e G5 Filmes.

Ipem Minas resultado de avaliação de produtos ligados a festas juninas


A gerência de Metrologia para Produtos Pré-Medidos do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Minas Gerais (Ipem/MG) divulgou o balanço dos exames quantitativos realizados em produtos juninos, no período de 25 de maio a 14 de julho. Os testes foram realizados no laboratório de pré-medidos, em Contagem. A ação de fiscalização teve como objetivo defender o consumidor contra possíveis erros na quantidade de produtos juninos – bastante consumidos nessa época do ano.

Segundo a gerente de Metrologia para Produtos Pré-Medidos, Ângela Cadette, 60 lotes de produtos foram coletados, totalizando 890 unidades examinadas. Desses, 56 foram aprovados e quatro reprovados, na média, por apresentar peso menor que a indicada na embalagem. Um produto também foi reprovado no critério individual. As amostras devem ser aprovadas tanto no critério individual, quanto em relação à média percentual. No caso de reprovação, a empresa tem um prazo de dez dias para apresentação de defesa junto ao Ipem/MG. Após esse período, há uma análise jurídica e administrativa para aplicação de penalidade administrativa.

Entre os produtos analisados estão: milho de pipoca, canjica branca e amarela, amendoim, rapadura, cachaça, pé-de-moleque, leite de coco e coco ralado. Ângela explica que a fiscalização dos produtos pré-medidos (aqueles embalados e pesados longe da vista do consumidor) acontece de maneira rotineira durante todo o ano. Caso o consumidor desconfie de alguma irregularidade no produto, a denúncia pode ser feita na Ouvidoria do Ipem Minas pelo telefone 0800 335335 ou pelo e-mail ouvidoria@ipem.mg.gov.br
Fonte: Minas em pauta

25 de julho de 2009

Vice-governador visita Centro Educacional no Sul de Minas


O vice-governador Antonio Augusto Anastasia esteve em Conceição dos Ouros, no Sul de Minas, neste sábado (25). Juntamente com o prefeito José Joaquim Afonso, o deputado federal Bilac Pinto e o deputado estadual Thiago Ulisses, Anastasia visitou o galpão da empresa Delphi, a nova ponte da cidade, sobre o rio Sapucaí, e o Centro Educacional Professora Maria José Rosa.

“O governador Aécio Neves me incumbiu de viajar por todo o Estado para fazer visitas, inaugurações e verificar as reivindicações das Prefeituras do interior, ver como o Governo de Minas pode ajudar os municípios”, disse o vice-governador.

Na opinião de Anastasia, uma cidade como Conceição dos Ouros, que congrega em seu nome dois valores tão importantes para os mineiros, a religiosidade e o ouro, que lembra nossa colonização, “não poderia deixar de ser agradável e progressista”.

O prefeito José Joaquim Afonso agradeceu a presença do vice-governador e dos parlamentares no município em discurso no Centro Educacional. “Conceição dos Ouros está crescendo porque tem o apoio do Governo do Estado,da Assembléia Estadual e da Câmara”, afirmou.



Matéria publicada: Agência Minas

24 de julho de 2009

Usina do Trabalho capacita profissionais para a construção civil – aporte do Governo Aécio Neves em 2008 foi de R$ 10 milhões e mais de 16 mil pessoas


O Projeto Usina do Trabalho vai colocar novos profissionais da construção civil no mercado de trabalho. Quarenta e oito trabalhadores de Belo Horizonte e Região Metropolitana vão receber nesta sexta-feira (24) os certificados de conclusão do curso de qualificação profissional para pintores (22) e eletricistas prediais (16). A solenidade será realizada na nova unidade provisória do Sine no Centro de Belo Horizonte às 9h (rua Curitiba, nº 832, sala 208 – acesso pela rua Carijós). Foram 180 horas/aula para quem optou pelo curso de pintores e 160 horas para os eletricistas prediais.

Atualmente, o Usina do Trabalho desenvolve cursos em várias regiões do Estado, especialmente no Norte, região atendida pelo Programa Travessia. Novas vagas serão abertas neste semestre na capital e Região Metropolitana. Os trabalhadores devem ficar atentos e procurar os postos do Sine. A meta é qualificar 20 mil trabalhadores até o fim deste ano.

Criado em 2008, o Projeto Usina do Trabalho, coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), tem como objetivo melhorar a qualidade de vida de comunidades carentes e inserir pessoas desempregadas no mercado de trabalho.

Os trabalhadores cadastrados na unidade podem ser encaminhados para cursos de qualificação que preparam profissionais de nível básico. Até agora, aproximadamente quatro mil trabalhadores foram qualificados em 50 profissões diferentes, entre elas pedreiro, bombeiro, eletricista, pintor e costureira.

O aporte do Governo Aécio Neves em 2008 foi de R$ 10 milhões e mais de 16 mil pessoas foram qualificadas em 94 municípios de Minas Gerais. Todos os cursos do Usina do Trabalho são elaborados com base em demandas prévias das empresas, o que aumenta as chances de inserção do trabalhador no mercado de trabalho.


Fonte: Minas em pauta

Aécio Neves reforça campanha de prevenção contra a gripe suína – destacam-se a produção de peças publicitáriase mobilização de rede social


O Governo Aécio Neves, a partir do momento em que foi constatada a ocorrência de casos da Influenza A (Gripe Suína) no estado, definiu uma série de estratégias de Comunicação Social. O objetivo é manter a população informada acerca dos cuidados e das medidas a serem adotadas, de forma a evitar a contaminação e a propagação do vírus H1N1 no território mineiro.

Entre as estratégias adotadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) , na fase 1, previstas no Plano Estadual de Enfrentamento da Ameaça da Influenza A/H1N1 (Gripe Suína), destacam-se a produção de peças publicitárias/SES-MG; a reprodução de peças publicitárias/MS; a reconstituição da rede de mobilização social nos moldes do que se idealizou para o combate à Dengue; a contratação de serviços técnicos especializados na busca ativa a possíveis portadores do vírus H1N1, em locais estratégicos principalmente em aeroportos; a implantação de serviços de busca ativa para detectar precocemente casos suspeitos em passageiros vindos do exterior; além da ampliação do serviço de telefonia Disque Epidemiologia (0800 283 2255), para atendimento à população com a finalidade de informá-la, orientá-la e captar casos suspeitos com vistas à adoção de medidas de controle.

Na fase 2, a Assessoria de Comunicação Social da SES mantém as equipes no Aeroporto de Confins, para a distribuição de material informativo, a busca ativa e o Disque Epidemiologia. A partir desta semana a SES passa a desenvolver também outras estratégias, com foco em públicos específicos, como caminhoneiros, taxistas e profissionais de turismo, hotelaria e lazer. Também são alvos nesta fase os alunos de escolas públicas e privadas.

Para a abordagem dos caminhoneiros a Secretaria de Estado de Saúde, com o apoio da Anvisa e da Receita Federal, está atuando nos cinco portos secos do Estado (Betim, Juiz de Fora, Uberlândia, Uberaba e Varginha) e também no Aeroporto de Confins. A Secretaria passará a abordar os caminhoneiros nos principais corredores de transporte do Estado, com a distribuição de folhetos informativos, afixação de jornal mural e de adesivos em restaurantes de postos de gasolina instalados nas estradas de maior circulação de veículos de Minas Gerais. Para o sucesso desta ação, a SES firmou parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Minas Gerais (Minaspetro).

Um adesivo similar será distribuído em restaurantes e bares do Estado, com o apoio da Associação Brasileira de Hotéis, Bares e Restaurantes (Abrasel).

Os turistas e profissionais de empresas de viagem também receberão folhetos informativos sobre a Influenza A. Nesta ação, a SES tem o apoio da Associação Brasileira de Agências de Viagem de Minas Gerais (ABAV/MG).

Outro parceiro da Secretaria de Estado de Saúde é o Sindicato Intermunicipal dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários, Taxistas e Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens de Minas Gerais (Sincavir-MG), que será responsável pela distribuição de folhetos informativos bilíngues aos passageiros de táxis.

Outra ação é a produção de um newsletter (jornal eletrônico) e de um wallpaper (descanso de tela de computadores) distribuídos pela internet para empresas, sindicatos, associações, entidades religiosas, clubes, entre outros parceiros que a SES mantém. Esses mesmos parceiros receberão também folhetos informativos sobre as formas de prevenção. Um desses parceiros é a Drogaria Araújo que irá distribuir a peça aos clientes das 86 lojas que mantém em Belo Horizonte, ação importante, já que a Região Metropolitana de Belo Horizonte concentra 70% dos casos da doença registrados em Minas Gerais.

Para atingir todos esses públicos, a SES está produzindo cinco milhões de folhetos, dos quais, 1 milhão será bilíngue (português/espanhol). Também estão sendo produzidos 60 mil adesivos para afixação em banheiros de postos de gasolina, bares e restaurantes.

A tiragem do jornal mural está estimada em 12 mil exemplares, dos quais, dois mil serão afixados em postos de gasolina, pontos de embarque e desembarque, descanso e lanche de passageiros e motoristas, e outros dez mil em 189 cidades mineiras cortadas pelas principais estradas do Estado. O mesmo conteúdo será afixado dentro de três mil ônibus intermunicipais e interestaduais.

Porta do Palácio da Liberdade será aberta para visitação – sempre no último domingo do mês público pode conhecer a história política de Minas


Se você quer conhecer a história política de Minas Gerais não deve perder a visita guiada ao Palácio da Liberdade, neste domingo (26). A visita começa às 8h30, quando o público pode acompanhar a apresentação da Banda da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), na Praça da Liberdade.

A partir das 9h, tem início a apresentação do regimento que cuida da segurança do Complexo de Palácios (Liberdade e Despachos) na já tradicional solenidade da Troca de Guarda (seguindo o modelo da guarda britânica no Palácio de Buckingham, na Inglaterra) e o hasteamento das bandeiras do Brasil e de Minas Gerais. Em seguida, o tour é aberto ao público que, em grupos de 15 visitantes, percorre os 30 principais cômodos do Palácio. A visitação segue, até as 13h, obedecendo ao roteiro feito por técnicos do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG).

A abertura do Palácio da Liberdade é sempre no último domingo de cada mês. No primeiro semestre deste ano, a sede do Governo Aécio Neves recebeu, em média, 720 pessoas por dia de visita. No ano passado, seis mil visitantes puderam apreciar a beleza e a arquitetura do Palácio.

Requinte

Além de conhecer um pouco mais sobre a história republicana de Minas e do Brasil, o público pode admirar toda a beleza arquitetônica e o requinte do edifício, inaugurado em 1897. Projetado, pelo engenheiro-arquiteto pernambucano José de Magalhães, em estilo eclético, predominando elementos neoclássicos com forte influência da arquitetura francesa, o Palácio foi erguido pela Comissão Construtora da Nova Capital.

O requinte da edificação exigiu mão-de-obra especializada e importação de parte dos materiais. As armações de ferro da escadaria e as estruturas metálicas da cobertura vieram da Bélgica, as telhas, de Marselha, e o pinho-de-riga, madeira utilizada no piso, da Letônia. Para a pintura e decoração do Palácio, foi contratado o artista Frederico Antônio Steckel, que veio do Rio de Janeiro trazendo uma equipe de decoradores nacionais e estrangeiros.

O resultado de seu trabalho pode ser admirado nos tetos, paredes, cimalhas e nos ornamentos com aplicação de enfeites em papier-maché pintados. As peças do mobiliário, tapeçarias, cristais, porcelanas e talheres também foram trazidos da Europa, principalmente da França.

O Palácio foi reaberto à visitação pública em maio de 2008, após quatro anos fechado, período em que passou pelo mais completo processo de restauração desde a sua construção. Todo o requinte do edifício foi resgatado; incluindo mobiliário, elementos artísticos e estruturas originais que estavam encobertas por paredes ou várias camadas de tinta.

NormasPara aproveitar melhor o passeio e por medidas de segurança, o visitante deverá obedecer algumas normas: apresentar documento de identidade na entrada e, durante a visita guiada, não consumir bebidas ou lanches. Não é permitido o uso de calçados de salto agulha, filmadoras ou máquinas fotográficas no interior do prédio. Somente é permitido fotografar na área externa do Palácio. Há guarda-volumes na entrada. Mais informações: (31) 3299-4068 ou cerimonial@governo.mg.gov.br.

Serviço

Evento: Visitação pública ao Palácio da Liberdade

Local: Palácio da Liberdade, Belo Horizonte

Horário: das 8h30 às 13h

Data: 26/07/2009


Fonte: Minas em pauta

Abertas inscrições para apresentação de projetos e pesquisas no Seminário Internacional de Resíduos Eletroeletrônicos – evento é uma ação do Governo A


Estão abertas as inscrições para apresentação de projetos e pesquisas no Seminário Internacional de Resíduos Eletroeletrônicos, que acontecerá em Belo Horizonte, entre os dias 12 e 14 de agosto. Os trabalhos serão apresentados em forma de pôster e os interessados têm até o dia 3 de agosto para enviar o conteúdo, exclusivamente por via eletrônica, para o endereço ree@cmrr.mg.gov.br.

Os trabalhos deverão abordar a temática dos resíduos eletroeletrônicos, podendo ser pesquisas acadêmicas ou projetos desenvolvidos por empresas, poder público, organizações não governamentais, dentre outros. “O objetivo é divulgar ações nessa área e promover um maior intercâmbio de informações entre pesquisadores, técnicos, setores público e privado, além de especialistas internacionais”, explica uma das organizadoras do evento, Susane Meyer.

O material já deve ser enviado em formato de pôster. A medida proposta é de 90 cm de largura e 1,20 m de altura. O conteúdo deve ser em português, contendo no mínimo: titulo da pesquisa ou projeto, apresentação ou resumo, objetivos, método ou atividades, resultados, conclusões, participantes e contatos. “O resumo também deve ser apresentado em inglês”, destaca Susane.

Os pôsteres serão avaliados por uma comissão do evento, que irá analisar a adequação da pesquisa ou projeto à proposta do seminário, podendo ou não serem aceitos. Susane ressalta que não haverá apresentação oral dos trabalhos. “Caso o pesquisador ou técnico não possa comparecer ao evento, o pôster poderá, ainda assim, ser exposto”, explica. Após o evento, os pôsteres ficarão disponíveis para download no site do seminário. Todos os trabalhos selecionados receberão certificado de participação.

O Seminário Internacional de Resíduos Eletroeletrônicos é uma realização do Governo Aécio Neves, coordenado pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), em parceria com o Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR) e a Microsoft. O objetivo é promover a discussão entre os diversos setores relacionados à gestão de resíduos eletroeletrônicos e a troca de experiências nacionais e internacionais, abordando temas como políticas públicas, sistemas de gestão, tecnologias e consumo consciente. As inscrições para o evento estão abertas até o dia 10 de agosto e devem ser feitas pelo site: seminarioree.com.br. A participação é gratuita e as vagas são limitadas.

Mostra de produtos e serviços

Durante o seminário também será realizada uma mostra de produtos e serviços na área de gestão de resíduos eletroeletrônicos. Serão disponibilizados oito estandes de 9m2, equipados com balcão vitrine, mesa redonda com quatro cadeiras, porta banner, vaso de planta e tapete. As empresas interessadas em participar da feira devem entrar em contato com a Aprile Eventos Empresariais pelo telefone (31) 3227-7342/7469 ou pelo e-mail: eventos5@aprileeventos.com.br.

Serviço:

Evento: Seminário Internacional de Resíduos Eletroeletrônico

Data: 12 a 14 de agosto de 2009

Local: Centro Mineiro de Referência de Resíduos, rua Belém, nº 40, bairro Esplanada, Belo Horizonte


Inscrições para participantes – até 10/08

Envio de projetos ou pesquisas para apresentação em pôsteres no seminário – até 03/08



Fonte: Minas em pauta

Vice-governador entrega moradias em São José do Alegre


O vice-governador Antonio Augusto Anastasia entregou, nesta quinta-feira (23), em São José do Alegre, no Sul de Minas, 30 casas populares integrantes do Conjunto Habitacional Estiva, construído por meio da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab/MG), que administra o programa habitacional Lares Geraes - Habitação Popular. A cerimônia contou com as presenças do presidente da Cohab/MG, Sebastião Navarro, do secretário de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, Dilzon Melo, dos deputados federal Bilac Pinto (PR-MG) e estadual Dalmo Ribeiro (PSDB) e do prefeito Marcelo Carvalho.

“Essas 30 famílias têm o sonho da casa própria realizado agora. O governador Aécio Neves, desde o início de seu Governo, preocupou-se com todos os municípios, mas principalmente com os menores, como São José do Alegre. Fizemos estradas, habitações, segurança, educação, saúde para permitir que as pessoas fiquem próximas às suas raízes”, disse Anastasia.

As novas moradias irão beneficiar famílias com renda de até três salários mínimos, entre as quais 13 são chefiadas por mulheres. Comprovada a condição de arrimo de família, elas recebem pontuação maior no processo de seleção de mutuários adotado pela Cohab/MG.

Para a realização das obras do Conjunto Habitacional Estiva, foram investidos R$ 907.109,51, aí incluída a contrapartida do município de R$ 120.000,00, referentes à aquisição do terreno e à execução de obras de infra-estrutura, como rede de esgoto, fornecimento de água e de energia elétrica.

Com o Conjunto Habitacional Estiva, o Governo de Minas completará 18.337 casas entregues por meio do programa Lares Geraes - Habitação Popular que, desde 2005, contribui para a redução do déficit habitacional do Estado, ao facilitar a aquisição de moradias próprias pela população de baixa renda. Outras 3.008 casas estão em construção e 1.528 estão prontas para serem entregues aos seus proprietários, nas diversas regiões do Estado, assim que as prefeituras terminaram as obras de infra-estrutura urbana.



Leia mais na integra: Agência Minas

Atenção Primária à Saúde: Governo Aécio Neves obtém 100% de cobertura com o Programa Saúde da Família


O primeiro encontro das oficinas do Plano Diretor da Atenção Primária à Saúde (PDAPS) da região Macrocentro que ocorreu quarta-feira (22), na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), marcou 100% de abrangência do PDAPS no Estado. Agora, o Plano Diretor já atinge 75 microrregiões que integram 13 macrorregiões assistenciais em que fazem parte 3.500 unidades e 3.858 equipes do Programa Saúde da Família.

Para o consultor da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e coordenador do PDAPS em Minas Gerais, Helvécio Albuquerque, o Plano Diretor agrega ensino e serviço com uma linguagem própria para a transformação da vida das pessoas. “Em vários municípios onde o PDAPS já foi implantado, constatamos a queda da mortalidade infantil, diminuição das internações sensíveis e melhoria da qualidade da saúde materna. Isso mostra o quanto essa estratégia é importante”, declara.

A implantação do Plano Diretor de Atenção Primária à Saúde na região Macrocentro envolverá oito municípios: Nova Lima, Contagem, Sete Lagoas, Vespasiano, Betim, Curvelo, Itabirito e Caeté. Tutores da UFMG serão responsáveis por repassar os conhecimentos aprendidos nas oficinas aos facilitadores que, em seguida, auxiliarão os profissionais da saúde nos municípios, melhorando os serviços de cuidados com a saúde dos cidadãos.

O coordenador local da Macrocentro pela UMFG, Horácio Afonso de Faria, tem boas expectativas para os resultados das oficinas na atenção primária à saúde. “Esse projeto tem como objetivo principal o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Imagino que o fortalecimento da atenção primária à saúde é fundamental para esse processo de construção. Nesse sentido, o Plano Diretor vem para somar outros vários esforços que tem esse objetivo”, avaliou.

A equipe de tutores que irá atuar nessa região já possui experiência de trabalho nos municípios através dos projetos de extensão e de algumas disciplinas da universidade. “Acredito que os profissionais conseguirão vencer os desafios, principalmente, por já estarem em contato com essas comunidades”, acrescentou.

A implantação do Plano Diretor é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde, Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP/MG), universidades parceiras e GRS.
Fonte: Minas em Pauta

23 de julho de 2009

Aécio discute campanha de antecipação de metas ambientais


O governador Aécio Neves recebeu nesta quinta-feira (23), no Palácio das Mangabeiras, em Belo Horizonte, o presidente do State of World Fórum (SWF), Jim Garrison, e o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, José Carlos Carvalho, para acertar detalhes da campanha “2050 em 2020”, que será lançada em Belo Horizonte no dia 4 de agosto, durante a abertura da Conferência Preparatória para a Convenção Mundial sobre Mudanças Climáticas. A SWF é uma das maiores organizações ambientais do mundo.

Segundo o secretário José Carlos Carvalho, a idéia é fazer uma mobilização, a partir de Minas Gerais e do Brasil, para que governos de todo mundo antecipem para 2020 metas previstas para 2050 e que terão impacto no aquecimento global.

“Há um esforço hoje no âmbito das Organizações das Nações Unidas, no plano internacional, de reduzir as emissões de gases em 80% a partir de 2050 e o que Minas estará propondo nessa articulação é reduzir as emissões a partir de 2020. Isso significa um esforço muito maior do que aquele que estava sendo pretendido. A idéia central é assinalar a urgência das medidas que precisam ser adotadas no plano internacional com relação ao aquecimento global e as mudanças de clima”, explicou o secretário, após a reunião.

A Conferência Preparatória para a Convenção Mundial sobre Mudanças Climáticas vai acontecer em Belo Horizonte entre os dias 4 e 8 de agosto. Participarão os principais especialistas no assunto, inclusive os que atuaram no Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas da ONU, e lideranças ambientais e empresariais.


Matéria publicada: Agência Minas

Governo Aécio Neves cria Centro de Inteligência em Florestas – medida tem como meta produzir informações para agentes do sistema agroindustrial


O Pólo de Excelência em Florestas da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) desenvolveu o Centro de Inteligência em Florestas. A ação integra um programa do Governo Aécio Neves com instituições parceiras para criar um ambiente propício ao domínio da inteligência no processo produtivo florestal.

O objetivo é captar, organizar e produzir informações mercadológicas, econômicas, técnicas, ambientais, culturais, sociais e legais voltadas para os agentes do sistema agroindustrial. O Centro de Inteligência dá subsídios às iniciativas públicas e privadas de desenvolvimento sustentável e investimentos no setor, além de fornecer riqueza de modo sustentável e renovável para as gerações atuais e futuras.

O espaço deve se tornar uma referência nacional e internacional em conhecimentos, tecnologias, inovação e negócios, além de garantir qualidade, competitividade, promoção social. No site (www.ciflorestas.com.br) há cotações com os preços dos produtos, variação da moeda, estatísticas, cotação nas bolsas, mercado futuro, produção nacional, área plantada, indicadores socioeconômicos e produção técnico-científica.

De acordo com o gerente executivo do Pólo de Excelência em Florestas, Antônio Nacif, desenvolver um Centro de Inteligência demanda investimento em estatísticas confiáveis, informações privilegiadas de mercado, de políticas, de tecnologias inovadoras e competitivas.

Segundo Nacif, é necessário criar uma massa crítica de recursos humanos altamente qualificados, diversificados e interativos em prol desse objetivo. “Paulatinamente estamos criando novas ferramentas, como a recém criada Análise Conjuntural, e agregando valor ao Centro de Inteligência em Florestas, numa ação que exige continuidade de investimento em recursos humanos especializados”, destaca.

A sede do Pólo de Florestas é em Viçosa, na Zona da Mata. Abrange as cadeias produtivas da siderurgia, especialmente carvão vegetal; celulose e papel; movelaria; madeira sólida, madeira processada, e outras cadeias de produtos florestais não-madeireiros, como borracha e biodiesel. A iniciativa visa promover a integração entre mercado, universidades e instituições de pesquisa, fazendo articulações entre as cadeias produtivas e as instituições de Governo.

Minas possui a maior área de florestas plantadas do país, gerando empregos e divisas, recolhimento de impostos, contribuindo significativamente para o Produto Interno Bruto (PIB) estadual. O Estado se destaca na liderança das florestas plantadas no Brasil com 1,2 milhões de hectares, sendo responsável por 23,2% da produção nacional.

O número de empregos diretos e indiretos chega a 700 mil nas áreas de plantio, celulose, siderurgia e geração de energia. Entretanto, os especialistas acreditam no potencial do Estado para ampliar significativamente os números atuais. Em 2007 foram plantados 160 mil hectares de eucalipto, mas seriam necessários 250 mil hectares para se atingir a auto-suficiência.


Fonte: Minas em Pauta

Governo Aécio Neves promove, em Felixlândia, Dia de Campo onde será apresentada novas tecnologias para o setor leiteiro


Tecnologias para o setor leiteiro serão apresentadas em Dia de Campo que será realizado no dia 31 de julho, na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) em Felixlândia, na região Central do Estado. Em seis estações de campo os participantes conhecerão: Produção de gado leiteiro F1; Manejo reprodutivo e sanitário de vacas leiteiras; Ordenha e qualidade de leite de vacas mestiças; Alimentação de vacas leiteiras; Opções de cruzamentos para vacas leiteiras; Produção de carnes com bovinos leiteiros.

Os participantes também saberão mais sobre o desempenho do município na produção de leite, pesquisas sobre o setor leiteiro, extensão rural e a organização da produção leiteira, além de legislação para este setor.

Segundo o pesquisador da Epamig, José Reinaldo Ruas, o objetivo do evento é divulgar tecnologias e melhorar a qualidade do leite produzido nas propriedades. “Apresentaremos o sistema de produção de Leite com Gado F1 e todo o manejo de criação dos mesmos, no qual estão incorporadas as tecnologias desenvolvidas pela Epamig de sistema de alimentação, cruzamentos, manejo de ordenha entre outras”, explica.

O evento integra o 1º Circuito Minas Leite, programa estadual da cadeia produtiva do leite, desenvolvido pelo Governo Aécio Neves por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), da Epamig, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). A inscrição é gratuita e pode ser realizada através do e-mail: fefx@epamig.br. Informações: (31) 3773-1980 ou (38) 3753-1346. As vagas são limitadas.

Encontro no Norte de Minas

Ainda dentro do 1º Circuito Minas Leite, será realizado, no dia 14 de agosto, o Encontro de produtores rurais do Norte de Minas, com produtores rurais de Capitão Enéas e região, onde a Epamig apresentará as tecnologias da empresa para o setor leiteiro.
Fonte: Minas em Pauta

CMRR abre inscrições para apresentação de projetos em evento


Estão abertas as inscrições para apresentação de projetos e pesquisas no Seminário Internacional de Resíduos Eletroeletrônicos, que acontecerá em Belo Horizonte, entre os dias 12 e 14 de agosto. Os trabalhos serão apresentados em forma de pôster e os interessados têm até o dia 3 de agosto para enviar o conteúdo, exclusivamente por via eletrônica, para o endereço ree@cmrr.mg.gov.br.

Os trabalhos deverão abordar a temática dos resíduos eletroeletrônicos, podendo ser pesquisas acadêmicas ou projetos desenvolvidos por empresas, poder público, organizações não governamentais, dentre outros. “O objetivo é divulgar ações nessa área e promover um maior intercâmbio de informações entre pesquisadores, técnicos, setores público e privado, além de especialistas internacionais”, explica uma das organizadoras do evento, Susane Meyer.

O material já deve ser enviado em formato de pôster. A medida proposta é de 90 cm de largura e 1,20 m de altura. O conteúdo deve ser em português, contendo no mínimo: titulo da pesquisa ou projeto, apresentação ou resumo, objetivos, método ou atividades, resultados, conclusões, participantes e contatos. “O resumo também deve ser apresentado em inglês”, destaca Susane.

Os pôsteres serão avaliados por uma comissão do evento, que irá analisar a adequação da pesquisa ou projeto à proposta do seminário, podendo ou não serem aceitos. Susane ressalta que não haverá apresentação oral dos trabalhos. “Caso o pesquisador ou técnico não possa comparecer ao evento, o pôster poderá, ainda assim, ser exposto”, explica. Após o evento, os pôsteres ficarão disponíveis para download no site do seminário. Todos os trabalhos selecionados receberão certificado de participação.

O Seminário Internacional de Resíduos Eletroeletrônicos é uma realização da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), em parceria com o Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR) e a Microsoft. O objetivo é promover a discussão entre os diversos setores relacionados à gestão de resíduos eletroeletrônicos e a troca de experiências nacionais e internacionais, abordando temas como políticas públicas, sistemas de gestão, tecnologias e consumo consciente. As inscrições para o evento estão abertas até o dia 10 de agosto e devem ser feitas pelo site: seminarioree.com.br. A participação é gratuita e as vagas são limitadas.


Leia mais na integra: Agência Minas

Governador Aécio Neves se reúne com o ministro Hélio Costa


O governador Aécio Neves se reuniu, nesta quarta-feira (22), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, com o ministro das Comunicações, Hélio Costa.


Matéria publicada: Agência Minas

Governo faz homenagem aos 90 anos de Rondon Pacheco


O governador Aécio Neves presidiu, nesta quarta-feira (22), a homenagem do Governo de Minas aos 90 anos do ex-governador Rondon Pacheco. Durante almoço, no Salão de Banquetes do Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, o governador convidou políticos e empresários a brindar a obra política e administrativa de Rondon Pacheco, afirmando que foram iniciativas tomadas ao longo de seu governo (1971/1975) que possibilitaram o início efetivo do processo de industrialização de Minas Gerais.

“Ao homenageá-lo nesses seus 90 anos, homenageamos uma das mais extraordinárias obras de governo ocorridas em Minas Gerais. E ninguém faz nada, absolutamente, sozinho. Todos nós somos sequência um do outro, todos somos herdeiros das virtudes daqueles que nos antecederam. Se hoje alcançamos alguns êxitos nesse governo, é porque houve o governo de Rondon Pacheco”, afirmou Aécio Neves, em seu pronunciamento.

Segundo o governador, a homenagem a Rodon Pacheco deve ser entendida como reverência ao lado ético da política brasileira. Ele disse também que políticos como Rondon Pacheco ajudaram a fazer de Minas um dos estados mais importantes do país.


Leia mais na integra: Agência Minas

22 de julho de 2009

Lei da extensão rural reforça avanços sociais e ambientais


O número de agricultores familiares atendidos pela extensão rural passou de 1,8 milhões em 2002 para 2,8 milhões em 2008. Uma expansão que foi acompanhada por mais investimentos no segmento, com o volume de recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que passou de R$ 2 bilhões em 2002 para R$ 15 bilhões na safra 2009/2010, um salto de 525%.

O lançamento do Plano Safra 2009/2010, nesta quarta-feira (22) em Brasília, ao trazer novas regras para a extensão rural vai facilitar o repasse de recursos, diminuindo a burocracia e assegurando que o crédito chegue na hora certa a fim de evitar a descontinuidade dos projetos e ações de fortalecimento da agricultura familiar.

Essa é a avaliação do presidente da Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), José Silva Soares. “A nossa expectativa é que a Lei Geral de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural) vai garantir o repasse de recursos de forma continuada, então não vai haver necessidade de assinar um convênio e ficar aguardando o dinheiro chegar. Com a lei, todos os anos independente de quem esteja no poder vai estar assegurado na União essa quantidade de recursos”, explica José Silva.

O crescimento da extensão rural veio acompanhado de uma nova visão da atividade, que deixou de ser apenas um trabalho de assistência técnica ao produtor para ter como foco o desenvolvimento rural sustentável. Hoje, o serviço abrange a produção de alimentos, a geração de emprego e renda no meio rural, questões ambientais e a inclusão social com a redução da pobreza no campo.

A ampliação do serviço de extensão rural no país trouxe vários benefícios para a sociedade. Em Minas Gerais, o Minas Sem Fome, Projeto Estruturador do Governo de Minas, executado pela Emater-MG, já atendeu mais de 1,3 milhão de famílias nos meios rural e urbano. São agricultores que, por meio do Programa e acompanhamento da Emater, garantiram sua independência econômica e resgate da cidadania.


Leia mais na integra: Agência Minas

Governo vai mapear Região Metropolitana do Vale do Aço


Desde o final do ano passado, técnicos, acadêmicos e prefeituras da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) já contam com uma ferramenta de planejamento que disponibiliza, em um sistema único e com referências geográficas, as informações dos Planos Diretores e Leis de Uso e Ocupação do Solo dos municípios das regiões metropolitanas de Minas Gerais. O Sistema Integrado de Regularização do Uso do Solo (Sirus) foi desenvolvido pelo Governo de Minas e está sendo ampliado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru) para a Região Metropolitana do Vale do Aço (RMVA).

Serão mapeados, além das quatro cidades da RMVA (Ipatinga, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso e Timóteo), os municípios de Mesquita, Belo Oriente e Ipaba. O sistema tem por objetivo permitir a avaliação dos impactos provocados pela implantação de políticas públicas para melhorias das condições de vida dos cidadãos, além de constituir uma ferramenta de trabalho primordial na administração de conflitos urbanos existentes nos limites entre os municípios das regiões metropolitanas.

O Sirus é composto de informações que vão desde o nome do prefeito do município até dados do Plano Diretor, lei do uso do solo e o mapa de zoneamento da cidade. Para a elaboração da ferramenta foi feito levantamentos com todas as prefeituras da RMBH sobre as leis de ocupação do solo, que vigoram em cada município. Ao todo foram investidos R$ 330,3 mil do tesouro do Estado, por meio do Projeto Estruturador da RMBH. Neste primeiro momento, a intenção é perceber o que cada município está propondo para o seu território para que na próxima etapa seja pensado o planejamento metropolitano. “Por enquanto é só informação, ainda não tem análise e nem proposta”, afirma a superintendente de Apoio à Gestão do Solo Metropolitano, Cecília Maria Rabelo Geraldo.


Leia mais na integra: Agência Minas

Ituiutaba recebe verba do Estado para construção de ponte


A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) vai repassar, por meio de convênio assinado nessa terça-feira (21), ao município de Ituiutaba, na região do Triângulo Mineiro, recursos da ordem de R$ 213 mil para a construção de uma ponte sobre o córrego Pirapitinga, que terá 12 metros de cumprimento por nove de largura. A previsão é de que a obra esteja concluída em seis meses.

A edificação ligará o bairro Novo Tempo II ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (Ifet). Conforme o convênio, R$ 192 mil serão disponibilizados pelo Estado e R$ 21,3 mil é a contrapartida do município.

A liberação do recurso faz parte do plano de emergência do Estado, que visa à restauração das áreas públicas afetadas pelas chuvas do final do ano. A maioria das obras será de reconstruções de pontes, muros de arrimo, passarelas, dentre outras. A prioridade na liberação dos recursos será para os municípios mais prejudicados pelas chuvas e nas áreas que representam maiores riscos para a população.

“Buscamos atender de forma eficiente todas as demandas, objetivando sempre a melhoria dos municípios mineiros, dando atenção especial inclusive para a zona rural”, comentou o subsecretário de Obras Públicas, José Bonifácio Mourão.
Leia mais na integra: Agêcia Minas

Primeiro semestre tem receita de R$ 10,17 bilhões em ICMS


Para atenuar os efeitos da crise econômica e financeira e seus reflexos sobre a arrecadação estadual, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) adotou uma série de medidas a partir de novembro do ano passado. Ao mesmo tempo em que prorrogou prazo para recolhimento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e de benefícios fiscais que reduzem esse imposto nas vendas à construção civil, no transporte de passageiros, nos produtos hospitalares, produtos lácteos, cesta básica e outros, o Estado intensificou o controle sobre o trânsito de mercadorias e o combate à sonegação. Dessa forma, foi possível fechar o primeiro semestre deste ano com uma receita total de ICMS da ordem de R$ 10,17 bilhões, frente a R$ 10,41 bilhões registrados em 2008.

Os números foram apresentados nesta terça-feira (21) pelo secretário de Estado de Fazenda, Simão Cirineu Dias, que fez uma avaliação do desempenho da arrecadação em Minas, mostrando que, em decorrência das peculiaridades de sua economia, o Estado sentiu mais de perto os efeitos da crise econômica e financeira internacional. “Grande fornecedor de bens intermediários, a exemplo de produtos siderúrgicos, o Estado registrou uma perda considerável de arrecadação, mas mantém a expectativa de reversão do quadro com a retomada do crescimento”, afirmou o secretário.


Leia mais na integra: Agência Minas

Governador se reúne com o prefeito de Macapá


O governador Aécio Neves recebeu nesta terça-feira (21), no Palácio das Mangabeiras, em Belo Horizonte, o prefeito de Macapá (AP), Roberto Goez, que visita Minas Gerais para conhecer o modelo de gestão implantado no Estado nos últimos anos. O deputado licenciado Davi Alcolumbre (DEM-AP) acompanhou o prefeito.

“Estamos atrás de novas formas de governo, uma forma que possa atender a reivindicação da população e que possa fazer com que a máquina pública ande mais rápido e que os serviços possam chegar mais próximos ao cidadão. A gente veio conhecer esse modelo de gestão, que está passando a fronteira e chegando ao norte do país”, explicou o prefeito, que fica no Estado até sexta-feira, conhecendo o modelo administrativo de Minas Gerais.


Matéria publicada: Agência Minas

21 de julho de 2009

Paulo Abi-Ackel é o primeiro convidado do "Olho Vivo" da Juventude Tucana

O programa contou com a participação de cerca de 30 filiados que fizeram 15 perguntas ao presidente dos tucanos mineiros; o objetivo é criar um canal entre os jovens que militam no Partido e as lideranças tucanas


O presidente do PSDB de Minas Gerais, deputado federal Paulo Abi-Ackel, foi o convidado de estréia do programa "Olho Vivo", projeto do Secretariado da Juventude do PSDB/MG que tem como objetivo criar um canal entre os jovens que militam no Partido e as lideranças tucanas. O formato é o de uma entrevista, a exemplo do programa Roda Viva, que vai ao ar às segundas-feiras pela TV Cultura/Rede Minas, onde os filiados - que ficam em círculo com o convidado ao centro - fazem perguntas, tendo a ajuda de um mediador.

O primeiro programa aconteceu nessa segunda-feira à noite, dia 20, na sede do PSDB/MG, em Belo Horizonte, e contou com a participação de cerca de 30 filiados que fizeram 15 perguntas ao presidente dos tucanos mineiros. Os assuntos abordados foram prévias, projetos em andamento no Diretório Estadual, maior participação da Juventude nos rumos do Partido, sucessão mineira, além, é claro, da trajetória política de Paulo Abi-Ackel, que começou na década de 80, justamente com a fundação da JDS - Juventude Democrática Social. Esse movimento de jovens atuava no antigo PDS, partido do governo na época, mas que defendia as eleições diretas para presidente da República e também cobrava representação política para o Distrito Federal, que tinha então governador nomeado e nenhum representante legislativo.

Foram seus companheiros na JDS os deputados tucanos Jutahy Magalhães Jr., da Bahia, e Julio César Redecker, do Rio Grande do Sul, que faleceu há dois anos num acidente de avião, além do deputado Ciro Gomes, do Ceará, entre outros. Neste período, o PSD era o partido do pai de Paulo, o político Ibrahim Abi-Ackel, que foi deputado por diversas legislaturas e ex-ministro da Justiça.


Leia mais na integra: Portal PSDB